Skip to main content

Qual a diferença entre energia solar on grid e off grid?

Sistemas com o mesmo objetivo, mas processos diferentes; saiba qual a diferença entre energia solar on grid e off grid

Muito se fala de energia solar e sistemas fotovoltaicos que produzem energia elétrica através das luz solar nas residências. Veja abaixo, qual a diferença entre energia solar on grid e off grid. Apesar de seu objetivo primário ser o mesmo, os demais processos constituem diferenças significativas.

Sistema fotovoltaico on grid e off grid

O sistema fotovoltaico é a tecnologia utilizada para gerar energia elétrica a partir da irradiação dos raios solares. Isso é possível graças a um fenômeno físico chamado efeito fotovoltaico. Ele consiste no surgimento de uma tensão elétrica em um material semicondutor, como o silício, quando exposto à luz.

O sistema fotovoltaico pode funcionar de duas maneiras: on grid, quando é conectado à rede pública de distribuição elétrica e off grid, quando opera de forma autônoma. É uma simples expressão em inglês que define se está ou não ligado a rede elétrica da concessionária.

Energia solar on grid

Esquema de energia solar on grid (Imagem: Sun Edison Infra/Divulgação)
Esquema de energia solar on grid (Imagem: Sun Edison Infra/Divulgação)

O sistema on grid é utilizado onde há conexão com a rede da concessionária, por exemplo o meio urbano. Pode ser instalado em residências e empresas de todos os tamanhos. A principal vantagem no Brasil desse sistema é a compensação de energia elétrica, já regulamentada por lei.

  • A energia elétrica gerada é usada pelo próprio imóvel e a sobra é enviada à concessionária, que concede créditos ao consumidor, como força de compensação pela geração de energia;
  • Os créditos são convertidos na conta de luz e podem ser utilizados em até 60 meses, em períodos de chuvas e nublados, o consumidor irá pegar energia elétrica da rede comum e pagará nada ou muito menos;
  • É possível transferir o crédito para outro imóvel, desde que esteja registrado no mesmo CPF;
  • Os créditos podem ser utilizados durante a noite ou em momentos em que a demanda de energia do imóvel seja maior do que a produzida pelo sistema, por exemplo o uso de ar condicionado no verão.

Energia solar off grid

Esquema de energia solar off grid (Imagem: Sun Edison Infra/Divulgação)
Esquema de energia solar off grid (Imagem: Sun Edison Infra/Divulgação)

O sistema off grid é totalmente autônomo, ou seja, não é integrado à rede “pública” de energia elétrica. Ele é ideal para locais distantes da rede ou sem acesso à distribuição de energia, como áreas rurais, tanto em ambientes produtivos como residenciais.

A energia produzida é armazenada em baterias, garantindo o fornecimento durante a noite ou em períodos sem geração ou com variação na produção de energia, como pode ocorrer em dias nublados. Assim, dá total autonomia energética à propriedade.

Devido a sua característica autônoma, o sistema, muitas vezes, é utilizado em construções públicas ou que não possam ter sua energia interrompida sem perdas, em hospitais o combo de energia solar off grid e gerador de emergência funcionariam como complementos de proteção.

Outros exemplos de uso comum são:

  • Sistemas de monitoramento veicular 24h para transportadoras de cargas;
  • Rádios outdoor para provedores de internet, Wi-Fi público;
  • Veículos recreativos, como os food trucks;
  • Câmeras e equipamentos de monitoramento e segurança em locais como praças, ruas e fazendas, que necessitam de autonomia energética para não sofrer apagão de imagem.

Benefícios da energia solar

É possível pontuar diversos benefícios da energia solar, além da financeira, é claro. Optar por este investimento traz toda uma autonomia “individual” e benefício social para a região.

Econômicos

A produção de energia com painéis fotovoltaicos gera economia de até 95% na conta de luz, liberando orçamento para outras áreas, como reformas da casa, estudos dos moradores e lazer.

Sustentabilidade

Sendo uma energia limpa e renovável, é uma solução que não polui e nem afeta o meio ambiente, reduzindo os impactos, principalmente, a ativação de termelétricas em períodos de escassez hídrica.

Investimento a médio e longo prazos

Existem incentivos para adquirir sistemas de energia solar, como linhas de crédito e financiamento específicos e redução de impostos, como o IPTU Verde. Imóveis com energia solar são mais valorizados, favorecendo a revenda posterior.

Retorno de investimento (ROI)

É considerado rápido, dependendo do consumo, pode levar em média quatro anos para o equipamento zerar o investimento e começar a dar retornos.

Longevidade do produto

É necessária apenas uma limpeza dos painéis com periodicidade de 6 meses a 1 ano, fora que, dependendo do módulo, chega a 25 anos com aproximadamente 80% de eficiência. Investimento pago em 4 anos com outros 21 anos de economia e lucratividade. Sendo energia solar on grid ou off grid, os benefícios são consideráveis.

fonte: Tecnoblog

%d blogueiros gostam disto: