Skip to main content

Primeiro pavimento capaz de gerar energia solar fotovoltaica já está funcionando e promete revolucionar o mercado renovável

Um pavimento com capacidade de produzir energia solar fotovoltaica foi instalado em Barcelona, Espanha, mais precisamente na Plaza de las Glorias, e o resultado é surpreendente!

Para criar um futuro sustentável, foi instalado em Barcelona um pavimento que tem capacidade de gerar energia solar fotovoltaica. São 50 metros quadrados que podem produzir, por ano, cerca de 7.560 kWh e reduzir a emissão de mais de 2 toneladas de CO2.

O Pavimento é feito de um vidro altamente resistente e antiderrapante que é conectado a módulos fotovoltaicos e fiação que tem como objetivo descarregar a energia solar para a rede geral. Sendo assim o piso possui uma dupla funcionalidade, já que manterá a sua função de espaço de tráfego e a produção de energia.

Para levar a cabo o teste piloto, foram colocados cerca de 50 metros quadrados do pavimento capaz de gerar energia solar fotovoltaica em um espaço representativo da cidade. Sendo assim, foi escolhida uma pequena área ao redor da Plaza de les Glóries.

A instalação possui uma potência de 9 kWp, prometendo gerar cerca de 6,7 kWh de energia e, por ano, o pavimento consegue gerar cerca de 7.560 kWh em energia solar fotovoltaica, o equivalente ao consumo anual de três residências. A energia gerada será monitorada para controlar a eficiência do sistema. Com essa área onde foi instalada o pavimento capaz de gerar energia solar, serão reduzidos mais de 2 toneladas de dióxido de carbono anualmente.

Montagem do pavimento de energia solar: créditos: ildigitale.it

O pavimento de energia solar é realmente eficaz?

O pavimento foi instalado no fim de abril e continuará sendo testado por mais seis meses. A ideia inicial é que o pavimento de energia solar fotovoltaica abasteça um serviço público de aluguel de bicicletas.

Uma comissão municipal também está avaliando o potencial de instalar o pavimento em outras partes da cidade espanhola. A novidade possui diversas vantagens, entre elas estão: sua composição por vidro e plástico reciclado, sua manutenção que é bem mais simples, o design é modular e sua tecnologia em energia solar integra-se ao ambiente fazendo um uso melhor dos espaços públicos.

Outro detalhe importante será a avaliação do desgaste, tendo em vista que não será a mesma coisa de colocar placas fotovoltaicas em um telhado, mesmo que seja muito resistente.

fonte: CPG

%d blogueiros gostam disto: