Skip to main content

Fazenda solar no deserto do Atacama irá gerar 340 GWh de energia por ano no Chile

Empreendimento iniciou operações em março/20

Uma fazenda solar localizada no deserto do Atacama, no Chile, iniciou seu fornecimento de energia solar para a rede elétrica do país no início de março. Desenvolvido e operado pelo grupo espanhol Solarpack, o empreendimento possui 123 megawatts (MW) em módulos monocristalinos de tecnologia PERC, fornecidos pela fabricante chinesa Longi Solar. 

O CEO da Solarpack, Pablo Burgos, comentou por meio de nota: “esse é um momento marcante para a Solarpack e que contribui para o desenvolvimento do setor fotovoltaico no Chile. Estamos muito felizes em empregar a eficiência dos módulos Longi na fazenda solar. Irá gerar mais de 340 GWh de energia limpa por ano, contribuindo para a descarbonização da matriz do país.”

Segundo a Solarpack, a fazenda solar irá vender eletricidade de 2021 até 2040 por meio de contratos de longo prazo assinados com 25 empresas de distribuição regionais, enquanto o restando da energia será vendida no mercado de curto prazo.

O projeto representa um investimento de US$ 110 milhões e foi conectado a rede com dez meses de antecedência. De acordo com a Longi, a usina irá impactar na redução das tarifas de energia para a população chilena. “Estamos muito felizes com nossa parceria com a Solarpack no uso de nossos módulos na fazenda solar”, declarou o diretor regional de vendas da Longi, Yang Wenbo. 

“Nós sempre buscamos oferecer os produtos e soluções mais competitivos para nossos clientes globais e parceiros, em linha com nosso comprometimento de entregar energia sustentável e limpa para o planeta”, acrescentou o porta-voz da empresa chinesa.

fonte: Portal Solar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: