Skip to main content

Estado capacita gestores municipais sobre política de energia fotovoltaica

Parte do projeto Sol de Minas, terceira formação gratuita será entre os dias 29 e 30/11, em plataforma on-line

Seguem abertas, até 24/11, as inscrições para a terceira capacitação de gestores municipais do projeto estratégico Sol de Minas. Promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), o curso gratuito será ministrado nos dias 29 e 30/11, de 9h às 11h30. As inscrições podem ser feitas neste link

O evento será uma oportunidade de melhorar o ambiente de negócios do setor, além de estimular o uso desse tipo de recurso pela administração pública, em prédios como hospitais, escolas e em outras instalações. O objetivo é transformar os municípios em consumidores, geradores e incentivadores de energia solar fotovoltaica.

O diretor de Energia da Sede, Pedro Sena, destaca que dados coletados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostram que as administrações públicas ainda utilizam pouca energia renovável, especialmente a solar fotovoltaica. Foi pensando nisso que a Sede, por meio do projeto estratégico Sol de Minas, decidiu oferecer o curso de capacitação voltado para gestores municipais, que busca aumentar o uso de energia limpa, barata e renovável por parte do setor público.

“A formação vai apresentar o que é energia solar fotovoltaica nas modalidades de geração centralizada e distribuída, quais são os benefícios sustentáveis e como os municípios podem atrair investimentos em energia renovável. Além disso, a capacitação oferece suporte e esclarecimentos para que os municípios possam adquirir financiamentos para criação de projetos no setor, seja construindo uma usina solar fotovoltaica, seja instalando painéis solares em prédios públicos da cidade”, acrescenta. 

Parceiros palestrantes

A iniciativa da Sede conta com o apoio da Agência de Investimento e Promoção Comercial de Minas Gerais (Indi), da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) e do Banco do Nordeste. 

Os parceiros vão compartilhar conhecimentos e experiências sobre regulamentos do setor de geração de energia solar fotovoltaica, além de propostas de políticas de atração de investimentos, questões de sustentabilidade decorrentes do apoio a uma matriz energética limpa e modalidades de financiamento.

O BDMG apresentará linhas de crédito especiais aos municípios mineiros, como o  BDMG Cidades Sustentáveis, que inclui financiamento para empreendimentos de energias renováveis, como a solar fotovoltaica.

Troca de experiências

A capacitação é uma oportunidade de trocar experiências sobre o setor. Durante as apresentações, os palestrantes vão responder dúvidas e perguntas dos participantes.

Pedro Sena lembra que o uso de energia solar fotovoltaica pela administração pública é também um canal para a geração de emprego e renda para os municípios, além de permitir que as prefeituras economizem na conta de energia. Assim, restam mais recursos para aplicação em áreas prioritárias, como saúde, educação e segurança, contribuindo para o desenvolvimento econômico da cidade como um todo.

Gestores podem se inscrever

Cada município pode inscrever, no máximo, quatro gestores da prefeitura. Caso haja mais cadastros, serão considerados válidos apenas os últimos quatro ingressos emitidos. O certificado de participação será feito somente após o preenchimento da avaliação do curso, encaminhada ao fim da capacitação. 

Minas lidera geração distribuída

Minas Gerais é protagonista no setor. De acordo com dados da Aneel, o estado responde, sozinho, por aproximadamente um quinto de toda a energia solar fotovoltaica produzida na modalidade geração distribuída no Brasil.

Atualmente, 846 (99%) dos 853 municípios mineiros possuem módulos fotovoltaicos em operação. Considerando empreendimentos em operação de Geração Centralizada (GC) e Geração Distribuída (GD), Minas é líder no país, se aproximando de 2 mil megawatts de potência instalada.

fonte: Agência Minas

%d blogueiros gostam disto: