Skip to main content
Como Economizar Energia

Energia solar em casas de baixa renda pode poupar R$ 817 milhões em 25 anos

A instalação de sistemas de geração de energia solar fotovoltaicas em residências de consumidores de baixa renda, que pagam a tarifa social de energia, com desconto na conta de luz, pode resultar em uma economia de R$ 817 milhões para esses clientes ao longo de 25 anos.

A projeção está incluída em ofício entregue no inicio de abril pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) para os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, David Alcolumbre, e para o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

No documento, a entidade informa que tomou conhecimento dos estudos entre a pasta e o Congresso para a aprovação de uma medida que permita a isenção da cobrança da tarifa de energia para a classe de baixa renda pelos próximos três meses, devido aos impactos da pandemia da covid-19 e ao isolamento social.

Estima-se que a medida demande R$ 1,05 bilhão, que pode ser retirado do programa de eficiência energética das distribuidoras.

De acordo com a Absolar, esse valor de R$ 1,05 bilhão permitiria a instalação de 87,5 mil sistemas de geração de energia solar fotovoltaica nas residências. Esses equipamentos resultariam na economia na conta de luz desses usuários no valor total de R$ 817 milhões, em 25 anos.

Ainda segundo a associação, a medida proporcionaria geração de empregos, na instalação e manutenção dos equipamentos, além de gerar uma arrecadação tributária direta e indireta de R$ 237 milhões, em 25 anos, e de uma economia de R$ 253 milhões na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), o “superfundo” do setor elétrico, por meio do qual é pago o subsídio para a tarifa social.

fonte: ADEMI RJ

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: